Sábado, 24 de Fevereiro de 2024
Home Cultura Filme sobre ciclone Idai conquista “Shortcutz”

Filme sobre ciclone Idai conquista “Shortcutz”

by Claudia Guila
0 comment

Fonte: Notícias

O FILME “A Força da Natureza”, de Binho Nhazua, venceu o primeiro concurso anual de curta-metragem num “smartphone” ou “tablet”, denominado Shortcutz Mozambique, anunciou a organização do evento.

A obra,de cinco minutos,fala das consequências das mudanças climáticas, um fenómeno muito recorrente na província de Sofala, terra natal do realizador,etrazàribalta alguns fantasmas do ciclone tropical Idai, um dos mais devastadores que alguma vez cruzou o Canal de Moçambique.

“Qualquer tempestade que aparece nos recorda o Idai”, justifica o realizador Binho Nhazua, que,por isso,explica que a sua primeira dificuldade foi trazer esta narrativa em apenas tão curto espaço de tempo, tendo em conta a dimensão do evento meteorológico.

Refere que os actores do filme, nomeadamente Simão Sande, Dércio Gadiel e António Cavumende são os seus amigos. Foi um deles que lhe concedeu uma dependência para as filmagens de modo a mostrar que muitas casa estavam inseguras e corriam o risco de desabar, como aconteceu com as construções precárias e não só.

Para além de mostrar a família a procurar a todo o custo evitar estragos piores, relata-se ainda o pós-Idai, onde o agregado aparece a fazer contas à vida, sem água potável, energia, rede de telefonia e comida.  

Neste diapasão, “A Força da Natureza” começa com dados apresentados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), mostrando o quanto o fenómeno natural afectou milhões de pessoas e criou muitos deslocados, afinal, segundo estes números, a depressão tropical provocou 603 mortes, 1641 feridos e milhares de casos de malária e cólera.

Binho Nhazua, que leva como prémio um mini-drone profissional, reside na cidade da Beira. Sempre teve uma paixão especial pelo cinema, algo que descobriu ainda novo enquanto brincava com máquinas fotográficas, microfones e gravadores. Aventura-se no mundo do humor e da actuação. É sonoplasta de formação e colabora com a Televisão de Moçambique (TVM).

No ano passado lançou “Comunidade em Pânico”, sua primeira curta, nas redes sociais. “Vamos dar continuidade ao trabalho e pode ser até que cheguemos às longas-metragens”, disse Binho Nhazua, referindo que este tipo de concursos vem dar muita visibilidade aos cineastas mais jovens.

Junto com Binho Nhazua foram finalistas Isidro Mangue, com “Combate ao Abate de Árvores”, e Lillian Benny, com “A Força da Natureza”.

O primeiro filme é uma história sobre dois polícias que flagram dois indivíduos abatendo árvores de forma ilegal e fora de época e que mesmo assim reagem agressivamente contra as autoridades.

Já o segundo, que curiosamente tem o mesmo título do vencedor, é baseado em poesia e performance. Mostra como a natureza e o Homem podem coexistircomo um só.

É a primeira vez que o concurso Shortcutz chega a Moçambique,ao escalar, numa primeira fase, as cidades de Maputo e Beira, apesar de já acontecer em vários país da Europa e no Brasil. O concurso foi lançado há dois meses, sob o lema “A Força da Natureza em Moçambique”.

You may also like

Leave a Comment

Para nós, a comunicação é dinâmica e assume diversas formas, por isso oferecemos um vasto leque de soluções que permitem obter a percepção sobre a marca e definir as melhores mensagens e formatos para impactar no mercado.

Blog

Press Releases

Todos os Direitos Reservados

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00