Sábado, 24 de Fevereiro de 2024
Home Sociedade Justiça moçambicana constitui 9 arguidos por exportação ilegal de madeira

Justiça moçambicana constitui 9 arguidos por exportação ilegal de madeira

by admin
0 comment

Fonte: Esquento

O Ministério Público moçambicano constituiu arguidas nove pessoas acusadas de envolvimento na exportação ilegal de 76 contentores de madeira para a China, anunciou hoje a Procuradoria-Geral da República (PGR), em comunicado.

A PGR avança que os arguidos são oito moçambicanos e um cidadão chinês. Entre os moçambicanos acusados, estão sete funcionários da Autoridade Tributária de Moçambique afetos ao Terminal Internacional Marítimo (TIMAR) Pemba, na província de Cabo Delgado, norte do país, e um colaborador da empresa de capitais chineses de exportação de madeira Feishang Resources África. O cidadão chinês detido tinha sido constituído pela justiça fiel depositário da madeira apreendida, em agosto de 2020, sendo agora acusado de participação na exportação ilegal do produto.

Quatro dos nove arguidos estão em prisão preventiva e cinco em liberdade provisória, dos quais um pagou caução. A PGR adiantou que recaem sobre os acusados “fortes indícios da prática dos crimes de desobediência, abuso de confiança, exploração ilegal de recursos florestais e contrabando”.

Ver mais

You may also like

Leave a Comment

Para nós, a comunicação é dinâmica e assume diversas formas, por isso oferecemos um vasto leque de soluções que permitem obter a percepção sobre a marca e definir as melhores mensagens e formatos para impactar no mercado.

Blog

Press Releases

Todos os Direitos Reservados

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00