Home OMM concede a Moçambique USD7.5 milhões para programa de Aviso Prévio e Sistemas de Observação

OMM concede a Moçambique USD7.5 milhões para programa de Aviso Prévio e Sistemas de Observação

por
0 comentário

Fonte: Rádio Moçambique

O Presidente da República, Filipe Nyusi, considera positiva a participação de Moçambique, em Dubai, na COP 28, pois o país conseguiu mobilizar recursos para programas de mitigação das mudanças climáticas.

O Chefe do Estado disse, no balanço com a comunicação social, que a participação de Moçambique está a produzir resultados, destacando-se a concessão de 7.5 milhões de dólares pela SOFF da Organização Mundial de Meteorologia para o programa de aviso prévio e sistemas de observação.

Nyusi afirmou ainda que o país conseguiu capitalizar interesses de parceiros e empresários, frisando que nesta COP 28 Moçambique emergiu como um actor relevante com acções concretas e uma visão clara na agenda global sobre o clima, paz e segurança.

O país capitalizou o papel de membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, em que definiu também a área do clima como pelouro da acção do governo.

Moçambique teve a sua intervenção de fundo em que insistiu na COP 28 na necessidade de uma acção urgente para proteger a natureza e a humanidade, na necessidade de compromissos políticos de todos os países na batalha conjunta contra as mudanças climáticas.

O Chefe do Estado apelou igualmente, em diferentes fóruns, aos países industrializados para que deem apoio aos países em vias de desenvolvimento que menos danos fazem ao ambiente.

Moçambique manifestou a sua preocupação para que haja uma acção conjunta, citando os danos que o país sofreu com os ciclones idai freddy e kanneth.

No lançamento da Estratégia de Transição Energética foi rubricado um acordo, que visa melhorar o desempenho energético nacional.

Na COP 28, o Chefe do Estado participou como convidado de honra no lançamento da iniciativa Credios Verdes, promovida pelo Primeiro-Ministro da Índia.

Filipe Nyusi participou também num evento como membro de um Clube de Protecção Selvagem.

Presidente da República, Filipe Nyusi, a afirmar que a participação de Moçambique na COP 28, em Dubai, foi positiva.

Moçambique, Zimbabwe e o Botswana estão a registar avanços na cooperação nos transportes ferroviários, estando a estudar a conexão entre os três países, anunciou em Dubai o Presidente da República, Filipe Nyusi.

O Chefe do Estado afirmou que os três países da SADC tiveram uma mini-cimeira, em Dubai, à margem da COP 28, em que abordaram a funcionalidade das linhas de Machipanda e do Limpopo, para facilitar a conexão entre Zimbabwe, Moçambique e Botswana.

Pretende-se com a iniciativa melhorar o transporte de mercadorias para os três países. (RM)

Deixei um Comentário

Para nós, a comunicação é dinâmica e assume diversas formas, por isso oferecemos um vasto leque de soluções que permitem obter a percepção sobre a marca e definir as melhores mensagens e formatos para impactar no mercado.

Blog

Press Releases

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00